FRANÇA PRETENDE ACABAR COM A DESIGUALDADE PARENTAL

          Notícias da França, informam que a Ministra de Assuntos Familiares quer fazer alterações na legislação daquele País para garantir a presença paterna em igualdade de condições junto aos filhos.
          É o segundo País a adotar oficialmente a "Guarda Compartilhada" em benefício das crianças, filhos de pais separados.
          O impacto social na França será semelhante ao acontecido nos Estados Unidos da América do Norte, onde ocorreu uma queda no número de divórcios litigiosos porque, segundo uma professora de Direito da Universidade do Estado de Iowa, em dois terços dos casos, é a mulher quem pede o divórcio na esperança de ficar com os filhos e ganhar a pensão (Veja matéria entitulada "Notícia da TV Globo Sobre Guarda Compartilhada" no linck "Guarda Compartilhada").

Consulte o Site: http://www.social.gouv.fr/famille-enfance/index.htm

VOLTAR