Portugal também luta pela Guarda compartilhada e pela Mediação Familiar

 

 

A Associação Pais para Sempre de Portugal começou um movimento para a instituição da Guarda Compartilhada e da Mediação Familiar.

Chamamos a atenção para o pedido de legislação adequada para a penalização do genitor que inviabiliza o direito de visita ou o acesso à criança do genitor que não detém a guarda, que também não existe no Brasil, e para a necessidade de formação específica e avaliação dos magistrados para a respectiva função nos Tribunais de Família de Portugal.

A Apase Brasil se vincula à Associação Pais para Sempre de Portugal, no esforço mundial pelo direito das crianças continuarem possuindo pai e mãe após a separação.

 

Para acessar o Site da Associação Pais para Sempre de Portugal, clique aqui.

Para acessar diretamente a petição encaminhada à Assembléia da República Portuguesa, clique aqui.

VOLTAR