Como na Inglaterra, a igualdade de direitos no Brasil continua uma ficção.
Gasta-se mais dinheiro com programas para recuperação de viciados em drogas e em construção de cadeias para abrigar as vítimas da falta da presença freqüente de um dos genitores, ao invés de corrigir o mal pela raiz aplicando o que determina a Carta Magna

BALÃO COM PÓ JOGADO CONTRA BLAIR SUSPENDE SESSÃO DO PARLAMENTO INGLÊS. 

A organização PAIS PELA JUSTIÇA admitiu ser a responsável pelo incidente que colocou em evidência a segurança no edifício Efe em Londres.

O parlamento britânico foi evacuado depois que um grupo atirou um balão com um pó de cor púrpura contra o Primeiro Ministro Tony Blair, informou a BBC.

A sessão de perguntas e respostas ao Primeiro Ministro, que estava em andamento, foi suspensa pelo presidente do parlamento, Michael Martin, quando o pó atingiu Blair nas costas e também salpicou o vice Primeiro Ministro, John Prescott, e o titular da economia, Gordon Brown.

O parlamento foi evacuado imediatamente e dois homens foram detidos pela segurança, segundo a BBC.

A organização PAIS PELA JUSTIÇA admitiu ter sido a responsável pelo incidente, que aconteceu uma semana após a instalação um vitral de segurança avaliado em quase um milhão de euros.

O porta voz do Ministro disse que a substância jogada contra Blair está sendo examinada para confirmar se é inofensiva, e que os responsáveis pela segurança do parlamento farão uma avaliação exaustiva para que não se repita o que aconteceu na sessão de perguntas e respostas ao Primeiro Ministro.

O líder dos parlamentares, Peter Hain, qualificou o ocorrido como “um sério incidente”, e pediu com urgência um relatório sobre as circunstâncias da ocorrência e as medidas adicionais de segurança necessárias para evitar que esse tipo de incidente não se repita.

O grupo responsável declarou que tentavam reivindicar a igualdade dos direitos para os pais separados, que vem coincidir com o “Dia dos Pais” na Inglaterra, comemorado no dia 20 de junho, e que o pó de cor púrpura usado representa a cor da igualdade parental.

 

Confira a matéria

VOLTAR