APASE - Associação de Pais e Mães Separados
www.apase.org.br

ARTIGOS DO CÓDIGO DE ÉTICA DO ASSISTENTE SOCIAL MAIS IMPORTANTES PARA A CONDUTA ÉTICA

Download

Princípios Éticos Fundamentais

 

 

Empenho na eliminação de todas as formas de preconceito, incentivando o respeito à diversidade, à participação de grupos socialmente discriminados e à discussão das diferenças;

Exercício do Serviço Social sem ser discriminado, nem discriminar, por questões de inserção de classe social, gênero, etnia, religião, nacionalidade, opção sexual, idade e condição física.

 

TITULO II

DOS DIREITOS E DAS RESPONSABILIDADES GERAIS DO ASSISTENTE SOCIAL

 

 

Art. 3° - São deveres do assistente social:

a) desempenhar suas atividades profissionais, com eficiência e responsabilidade, observando a legislação em vigor;

b) utilizar seu número de registro no Conselho Regional no exercício da Profissão;

c) abster-se, no exercício da Profissão, de práticas que caracterizem a censura, o cerceamento da liberdade, o policiamento dos comportamentos, denunciando sua ocorrência aos órgãos competentes;

Art. 4° - É vedado ao assistente social:

i) adulterar resultados e fazer declarações falaciosas sobre situações ou estudos de que tome conhecimento;

 

TÍTULO III

DAS RELAÇÕES PROFISSIONAIS

CAPÍTULO l - Das Relações com os Usuários

 

Art. 5° - São deveres do assistente social nas suas relações com os usuários:

b) garantir a plena informação e discussão sobre as possibilidades e conseqüências das situações apresentadas, respeitando democraticamente as decisões dos usuários, mesmo que sejam contrárias aos valores e às crenças individuais dos profissionais resguardados os princípios deste Código;

Art. 6° - É vedado ao assistente social:

a) exercer sua autoridade de maneira a limitar ou cercear o direito do usuário de participar e decidir livremente sobre seus interesses;

b) aproveitar-se de situações decorrentes da relação assistente social - usuário, para obter vantagens pessoais ou para terceiros;

 VOLTAR