APASE - Associação de Pais e Mães Separados
www.apase.org.br

X

FILHOS DE PAIS SEPARADOS

X

O divórcio, lamentavelmente, se tornou uma situação demasiadamente comum, que é, todavia, mais complicada quando os pais têm filhos pequenos. Mesmo que a separação transcorra em termos razoáveis e até amigável, é motivo de estresse tanto para os adultos como para as crianças.

Durante esta fase difícil, os pais deverão dar prioridade aos sentimentos e opiniões dos filhos.

Se o divórcio ocorre em uma família onde exista um bebê menor de dois anos, é recomendável que ele permaneça com sua mãe, que é a fonte principal de apoio durante esta fase. Depois de nove meses da separação as crianças começam a experimentar aquela ansiedade típica e isto pode continuar até depois de passados mais de dois anos.

Mas é possível contornar a situação, se os pais, mesmo separados, conseguirem manter um bom relacionamento fora do lar, onde os filhos sejam incluídos em atividades feitas por todos.

A decisão da custódia dos filhos é muito pessoal e varia conforme cada situação familiar. No entanto, os pais devem colocar de lado suas diferenças e interesses e pensar no bem-estar das crianças.

Quando uma criança que vive com a mãe começa a visitar seu pai e se sente à vontade com ele, é um indício de que está preparado para passar a noite fora de casa. No entanto, se não dorme bem e parece tenso, não o obrigue. O melhor é aguardar um tempo e tentar novamente a aproximação mais íntima.

Para os mais crescidos é preciso falar-lhes com sinceridade. Algumas crianças se sentem responsáveis pela separação de seus pais, e isso pode afetá-los emocionalmente. Os filhos devem sentir-se com liberdade para expressar suas emoções, sejam elas positivas ou negativas.

Mantenha a comunicação sempre aberta para evitar danos irreparáveis no futuro.

A lição mais importante é demonstrar-lhes que apesar de seus pais não viverem juntos, continuam unidos no que diz respeito aos interesses e bem-estar de seus filhos. Que são sensíveis às suas necessidades e não deixarão de prover-lhes estabilidade. Isto os ajudará a crescer com confiança e fortalecerá sua auto-estima.

 

Fonte: :

Página principal do Site  
Página da matéria  
X

VOLTAR