APASE - Associação de Pais e Mães Separados
www.apase.org.br

Gravidez de meninas de 10 a 14 anos cresce 93%

O Estado de São Paulo - 06 maio 2005

X

Rio de Janeiro - O número de meninas de 10 a 14 anos que tiveram filhos pela primeira vez em 2000 quase dobrou em relação a 1991. Foram 20.632 crianças e adolescentes estreando na condição de mães, segundo pesquisa do IBGE divulgada nesta sexta-feira tendo como base o Censo 2002.

Alarmante também é o fato de que outras 2.502 meninas já tinham filhos naquele ano, quando tiveram outro bebê. No grupo de 10 a 14 anos, aumentou 93,7% o número de mães iniciantes. Entre as jovens de 15 a 19 anos, o aumento foi de 41,5%, na década de 90. A região Norte tem os maiores porcentuais de mães muito jovens.

X

Pobres, sem pai e sem escola

As mães adolescentes são em geral pobres, com baixa escolaridade e nem sempre contam com a presença do pai (o grifo é nosso). "No caso das mães jovens de baixa renda, a maioria interrompe os estudos e não volta mais à escola. No caso das mais ricas, cria-se um aparato para cuidar do filho e os cuidados com a criança são divididos na família", diz o demógrafo do IBGE Juarez de Castro Oliveira, autor da pesquisa.

Segundo ele, foram as mães de primeira viagem que fizeram crescer o número de mulheres que tiveram filhos entre 1991 e 2000. Se fossem contadas as que já tinham filhos e tiveram mais um bebê, o número caiu na década de 90, passando de 2,049 milhões para 1,938 milhões. Já o número de mães iniciantes subiu de 1,068 milhões para 1,289 milhões.

X

Fonte:

X

VOLTAR